Posts

WordPress ocupa uma grande fatia no mercado, a maior parte disparado. Já que o WordPress é o CMS mais utilizado no mundo inteiro, consequentemente ele também acaba sendo a plataforma mais visada por atacantes mal intencionados.

Deixar seu WordPress desatualizado significa que você está usando um sistema cujas falhas de segurança já são conhecidas. Assim, você faz do seu site uma isca para hackers, deixando as portas escancaradas para estes ataques. Manter o WordPress atualizado é uma responsabilidade do proprietário.

Afinal, as atualizações são lançadas pelos desenvolvedores justamente porque, provavelmente, eles detectaram algum erro do sistema e uma forma de resolver essa situação e melhorar a performance. Assim, eles disponibilizam essas novas versões para que seus usuários possam tirar mais proveito do trabalho. 

Recusar ou prorrogar a instalação da mais recente melhoria significa adiar o bom uso da plataforma e pode até mesmo causar uma diminuição na captação de leads para o seu negócio, uma vez que se eles não conseguem acessar determinados recursos do seu site.

Qual a importância de manter o WordPress atualizado?

Depois de escolher o melhor CMS para o seu negócio, é preciso compreender as razões pelas quais manter o WordPress atualizado agrega ainda mais vantagens para o seu dia a dia.

Plug-ins

O WordPress tem a vantagem de ter suporte para a instalação de diversos plugins que podem te ajudar a configurar o seu site. Entretanto, assim como um celular com um sistema operacional antigo não consegue baixar aplicativos novos, o mesmo acontece com a plataforma. 

Muitos plugins recentes são lançados com configurações que só podem ser lidas pelas plataformas que operam a partir de determinadas versões. Portanto, manter o WordPress atualizado é uma forma de obter sempre as ferramentas que necessita sem nenhuma dificuldade de desempenho.

 

Performance

Outro ponto a favor de manter o site WordPress atualizado é a melhora na performance. Com o tempo, o sistema operacional começa a apresentar algumas falhas — os famosos bugs — que são comuns quando há um período sem fazer nenhum tipo de manutenção. Para resolver esse problema, a plataforma lança correções que vão ajudar os sites a ter uma boa performance.

Como ter o site WordPress atualizado sempre?

Ter o WordPress atualizado é bastante simples, uma vez que a maioria delas são feitas automaticamente. Entretanto, se perceber que há alguma nova versão que não está rodando ainda no seu site, basta seguir os seguintes passos: 

  1. fazer o login no painel de controle;
  2. buscar pela aba “Atualizações”;
  3. aceitar a instalação das que estiverem disponíveis.

O Dia das Bruxas é conhecido mundialmente, principalmente nos Estados Unidos, onde é chamado de Halloween.

Mas hoje em dia é celebrado em diversos outros países do mundo, inclusive o Brasil, onde hábitos como o de ir de porta em porta atrás de doces, enfeitar as casas com adereços “assustadores” e participar de festas a fantasia vêm se tornando mais comuns.

Mas sua origem pouco tem a ver com o senso comum atual sobre esta festa popular. Entenda a seguir como ela surgiu.

De onde vem o nome?

O Halloween tem suas raízes não na cultura americana, mas no Reino Unido. Seu nome deriva de “All Hallows’ Eve“.

“Hallow” é um termo antigo para “santo”, e “eve” é o mesmo que “véspera”. O termo designava, até o século 16, a noite anterior ao Dia de Todos os Santos, celebrado em 1º de novembro.

De uma forma geral, a diretriz do SEO (Search Engine Optimization ou,  Otimização para Motores de Busca) é de sempre almejar as palavras-chave mais populares, com algo volume de busca. Realmente, um grande volume tende a resultar em maior exposição, mais visitantes em seu site, e quem sabe você fecha umas vendas ou recebe alguns e-mails pedindo mais informações. Mas, você já pensou no tipo de acessos que está atraindo ao usar palavras-chaves tão amplas?

Na maioria das vezes, a intenção é incerta, e os visitantes acabam voltando para a página dos resultados da busca e procurando uma opção mais adequada. Esse comportamento pode prejudicar seu posicionamento. Sem contar que a concorrência pelas palavras-chave de maior volume é imensa, e as respectivas páginas de resultados de busca estão sempre cheia das marcas mais conhecidos. Não é o melhor cenário para uma nova empresa tentando estabelecer-se no mercado.

É por isso que a melhor opção pode ser implementar as chamadas “palavras-chave de cauda longa” em sua estratégia de SEO. Além de terem uma concorrência bem menor, elas permitem que você acerte em cheio com boas ideias de conteúdo para seu site e artigos para seu blog. Essas palavras-chave bastante específicas ajudarão a trazer mais acessos às suas páginas, e agora estamos falando de acessos de melhor qualidade. Com o tempo, a taxa de conversão do seu site vai decolar!

O que são palavras-chave de cauda longa?

Qualquer coisa a partir de três palavras já pode ser considerada uma palavra-chave de cauda longa. 

Por exemplo, uma pessoa usando uma única palavra, como “pizza”, provavelmente encontrará um amplo leque de resultados, desde a definição e a história da pizza até grandes marcas, como Pizza Hut. Mas alguém com um claro desejo de pizza nas altas horas, procurando “entrega de pizza vegana de madrugada”, sabe exatamente o que quer. Por isso, os resultados recebidos têm mais chances de serem muito específicos, e a pessoa que os buscou tem uma maior tendência a clicar naqueles resultados e pedir uma deliciosa pizza sem queijo.

Como pequeno empresário ou prestador de serviço, você sabe que cada conversão faz diferença. Imaginemos que seu site atrai 100 pessoas por dia a partir dos resultados de buscas ao digitar uma palavra-chave ampla. Dessas 100, umas três acabam finalizando uma compra ou enviando um e-mail com um pedido de orçamento (a depender do objetivo do seu site). Sua taxa de conversão é 3%.

Digitando uma palavra-chave bastante específica, 20 pessoas encontram seu site. Dessas 20, três se convertem em consumidores. Rapidamente, sua taxa de conversão passa a ser 15%. É um baita impacto em seu negócio! Sem falar que, quanto mais pessoas realizarem a ação que você deseja que realizem em seu site, mais o Google notará na hora de dar um empurrãozinho no seu SEO. Mais uma razão pela qual as palavras-chave de cauda longa são tão valiosas.